Banco de dados de destino é também conhecido como Azure, Microsoft Azure, SQL Server Azure

Facilitando a migração para você

Full Convert é um software totalmente auto-ajustável. Sua migração funcionará conforme o esperado sem que você precise ajustar nada.

Os tipos de dados são diferentes em SQL Azure em comparação com a origem MariaDB. Nós os ajustamos automaticamente à medida que copiamos as tabelas para que você não precise se preocupar com isso. Você pode ajustar as regras de mapeamento se desejar alterar os seguintes padrões:

  • bigint unsigned bigint
  • binary varbinary(max) (if precision > 8000)
  • blob varbinary(max)
  • char varchar(max) (if precision > 8000)
  • datetime datetime2 (if version at least 10)
  • double float(53)
  • enum varchar(255)
  • int unsigned bigint
  • json nvarchar(max)
  • longblob varbinary(max)
  • longtext varchar(max)
  • mediumblob varbinary(max)
  • mediumint int
  • mediumint unsigned int
  • mediumtext varchar(max)
  • nchar nvarchar(max) (if precision > 4000)
  • nvarchar nvarchar(max) (if precision > 4000)
  • set varchar(255)
  • smallint unsigned int
  • text varchar(max)
  • timestamp datetime2 (if version at least 10)
  • timestamp datetime (if version earlier than 10)
  • tinyblob varbinary(max)
  • tinyint smallint
  • tinyint unsigned tinyint
  • tinytext varchar(max)
  • varbinary varbinary(max) (if precision > 8000)
  • varchar varchar(max) (if precision > 8000)
  • year int

Migração em 4 etapas fáceis

1.
Seleccionar a MariaDB

Seleccionar a MariaDB

Iremos escolher MariaDB da lista de motores de base de dados raíz disponíveis. Como o nosso servidor MariaDB está na máquina local e temos todos os privilégios, iremos simplesmente escolhe uma base de dados do menu comum.

2.

Seleccionar a SQL Azure

Escolheremos o SQL Azure da lista de mecanismos de bancos de dados origem disponíveis, já que o SQL Azure é apenas uma versão especial do SQL Server.

Para conectar ao SQL Azure você precisará informar sua URL de servidor no campo Servidor e o restante é padrão (nome do usuário, senha e nome do banco de dados). Só se certifique de conectar usando a autenticação do SQL Server, em vez da autenticação do Windows.

Seleccionar a SQL Azure
3.

Seleccinar tabelas para converter

Iremos agora seleccionar tabelas para conversão. Todas as tabelas da lista da direita serão convertidas de MariaDB para SQL Azure migração. Por favor tome note de que pode contas linhas de tabelas para ver facilmente onde os dados ficam actualmente.

4.

Conversão

Full Convert é muito rápido. Usamos componentes de base de dados naturais dedicados em vez de confiar em bibliotecas de tradução como ODBC que e tem bugs frequents sozinho. Alcançar a transferência de 20.000 registos por segundo não é incomum. Claro, essa velocidade não pode ser alcançada com bases de dados lentas (como o Access, por exemplo), quando dados binários extensos estão em jogo, ou quando a lentidão da rede é um problema.

Data copying from source to target
Target database browser

Os dados agora estão no banco de dados de destino

Use nosso navegador de banco de dados integrado para examinar os dados copiados. Claro, você também pode examinar a conversão em detalhes e ver informações detalhadas para cada tabela.

Ready to dive in?
Run Full Convert today.

We offer unconditional 60 day money-back guarantee.
You will be helped directly by people who created this technology.